Comprar Casa Portugal

Apesar das restrições impostas pelo Brexit e pela pandemia, os cidadãos britânicos continuam a manifestar particular interesse em viver e comprar casa em Portugal.

Actualmente, existem mais de 50.000 britânicos a viver em Portugal, e a procura continua elevada, mesmo após o fim do período de transição.

No segundo semestre de 2020, os cidadãos do Reino Unido foram considerados os principais compradores de imóveis em resorts no país, principalmente na região do Algarve. Um interesse motivado pelas praias, o clima, o estilo de vida e a simpatia dos portugueses.

Apesar da pandemia, que irá limitar o crescimento da economia nacional, o mercado imobiliário português mantém-se resiliente. Estima-se que o investimento imobiliário atinja os 3 mil milhões de euros em 2021 e que os valores do PIB cheguem aos mesmos números de 2019 até ao final de 2022.

Prevê-se ainda que o escasso número de novos imóveis poderá garantir um nível de estabilidade no mercado imobiliário ao longo do ano, embora possa haver uma ligeira queda nos preços.

A manutenção das moratórias bancárias enquanto a actividade económica não recuperar, também terá um papel importante na estabilidade do sector.

Entretanto, o desempenho da libra tem suscitado alguma urgência entre os investidores britânicos, que podem garantir preços significativamente mais baixos como resultado da taxa de câmbio actual.

O que muda exactamente?

Ainda que o Brexit tenha imposto algumas restrições, nomeadamente no que diz respeito à circulação de cidadãos britânicos pela União Europeia, o Governo português está disposto a facilitar os processos para a entrada de britânicos no país, preservando a relação histórica entre Portugal e o Reino Unido.

Os cidadãos britânicos que pretendem mudar-se para Portugal e aqui queiram adquirir um imóvel, terão de obter um visto ou uma autorização de residência e com isso beneficiar dos mesmos privilégios que os cidadãos da UE.

O Governo português mantém-se igualmente comprometido com o Regime de Residente Não Habitual (RNH), que garante benefícios fiscais favoráveis aos seus titulares.

Caso pretendam continuar a residir no Reino Unido, e beneficiar da cidadania europeia, os cidadãos britânicos poderão candidatar-se ao Programa Golden Visa Português. Para tal, apenas precisam de realizar um investimento no país e residir, em média, sete dias por ano, durante um período de cinco anos.

Existe ainda a possibilidade de combinar o RNH com este programa, de modo a beneficiar da livre circulação dentro da UE, bem como da isenção de tributação para a maior parte dos rendimentos obtidos no estrangeiro por um período de dez anos.

Embora o Algarve seja uma das regiões mais populares entre os cidadãos britânicos, a partir do próximo ano, devido às alterações mais recentes ao Programa Golden Visa, surgirão algumas restrições ao investimento nessa região do país. Por este motivo, é importante que os interessados que estejam à procura de imóveis para venda no Algarve, Lisboa e Porto, iniciem o seu processo o mais rapidamente possível, de forma a usufruírem das actuais condições de investimento.