vistos d2

O Visto D2 foi criado com o objetivo de atrair empreendedores estrangeiros que queiram investir em Portugal, criando pequenas e médias empresas com relevância económica, tecnológica ou cultural para o país.

Quem pode usufruir do Visto D2?

O Visto D2 pode ser concedido aos cidadãos estrangeiros de países fora da União Europeia que pretendam exercer uma actividade profissional independente e:

  • Tenham contrato ou proposta escrita de contrato de prestação de serviços no âmbito de profissões liberais;
  • Se encontrem habilitados a exercer a atividade independente, sempre que aplicável.

Este, pode também ser concedido aos imigrantes empreendedores que pretendam investir em Portugal, desde que:

  • Tenham efetuado operações de investimento;
  • Comprovem possuir meios financeiros disponíveis em Portugal, incluindo os decorrentes de financiamento obtido junto de Bancos em Portugal, e demonstrem, por qualquer meio, a intenção de proceder a uma operação de investimento em território português;
  • Desenvolvam um projeto empreendedor, incluindo a criação de empresa de base inovadora, integrado em incubadora certificada.

Se quiser saber mais sobre que tipos de vistos o governo português oferece, visite o nosso website.